Baixe nosso app

NOVIDADES

Na luta contra o câncer infantojuvenil, Josapar doa 10 toneladas de Arroz Tio João

O câncer infantojuvenil é a doença que mais mata crianças e adolescentes de 1 a 19 anos no Brasil. Segundo dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), a cada hora surge um novo caso no país. Por isso, a Josapar, com o propósito de apoiar a luta vivida por esses jovens pacientes e suas famílias, acaba de anunciar uma parceria com o Instituto Ronald McDonald para a doação de 10 toneladas de Arroz Tio João, suficientes para atender a demanda de um ano inteiro das sete unidades do Programa Casa Ronald McDonald em território nacional. A entrega simbólica da doação aconteceu no último dia 24 de maio, na Casa Ronald McDonald São Paulo – Moema (SP) e contou com a presença do personagem da marca de alimentos.

“A marca Arroz Tio João é uma das mais presentes nos lares e na mesa dos brasileiros. A Josapar, há quase 100 anos, aproxima famílias com alimentos de altíssima qualidade, elaborados com os melhores ingredientes e o máximo cuidado. Nosso objetivo é permitir que essas famílias acolhidas pelo programa do Instituto Ronald McDonald, que enfrentam uma fase tão difícil, sintam-se ainda mais em casa, com alimentos nutritivos, fundamentais para fortalecer sua saúde”, declara Luciano Targa Ferreira, diretor de vendas e novos canais da Josapar.

De acordo com Francisco Neves, superintendente do Instituto Ronald McDonald, parcerias como a realizada com a Josapar fazem toda a diferença para continuidade do Programa e permitem auxiliar cada vez mais famílias que contam com o apoio da iniciativa.

“Somos muito gratos a essa parceria com a Josapar, que irá contribuir com o nosso propósito: ajudar a aumentar as chances de cura e promover a qualidade de vida de crianças e adolescentes com câncer no país, construindo um futuro melhor para todos. Mesmo em tempos difíceis e incertos como o que vivemos com a pandemia, precisamos ser resilientes e reforçar ainda mais o nosso propósito”, destaca o superintendente do Instituto Ronald McDonald.

Devido ao contexto mundial, o Instituto Ronald McDonald realizou em 2020 uma revisão estratégica, e suspendeu a grade de eventos presenciais de arrecadação prevista, principal fonte de doações da instituição. A suspensão resultou em uma queda de mais de 40% das receitas. “Mais do que nunca ações como essa são fundamentais para mantermos nossos programas. O ano de 2020 foi muito desafiador e 2021 já temos essa grande conquista. Juntos somos mais fortes e vamos ainda mais longe ajudando tantas famílias que precisam”, completa Neves.

A parceria ainda contará com a fundamental contribuição da empresa Martin Brower, que apoiará a iniciativa com a logística de entrega das doações nas 5 unidades do Programa Casa Ronald McDonald localizadas no estado de São Paulo.

Alimentação saudável

Luana Andrade, nutricionista e consultora da Casa Ronald McDonald São Paulo Moema, destaca que uma dieta nutritiva é indispensável para que o organismo funcione melhor, sendo de grande importância para crianças e adolescentes com câncer, pois possuem maiores necessidades nutricionais para o crescimento e desenvolvimento.

“Uma alimentação saudável, com alimentos de boa qualidade pode evitar a degeneração dos tecidos do corpo e ajudar na reconstrução daqueles que o tratamento possa ter prejudicado. Uma alimentação diária variada, contendo proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas, minerais e fibras em quantidades adequadas são essenciais para suprir as necessidades do organismo debilitado. Quem se alimenta melhor tem mais capacidade de vencer os efeitos colaterais do tratamento oncológico. Essa doação é uma conquista para todos nós, principalmente nossas crianças, pois o arroz de boa qualidade, como o Tio João, aumenta o valor calórico e vitaminas, assim como macro nutrientes”, comemora a nutricionista.

Uma casa longe de casa

O Programa Casa Ronald McDonald é um dos principais Programas Globais da Ronald McDonald House Charities e no Brasil é coordenado pelo Instituto Ronald McDonald. Com o conceito de ser “uma casa longe de casa” para crianças e adolescentes com câncer e seus familiares, que estão em tratamento fora de suas cidades de origem, as Casas Ronald McDonald oferecem gratuitamente hospedagem, alimentação, transporte e suporte psicossocial para as crianças e os jovens pacientes e seus acompanhantes.

Ao todo, as sete Casas Ronald McDonald, localizadas em São Paulo, Santo André, Campinas, Jahu, Belém e Rio de Janeiro, têm capacidade para 228 hóspedes com acompanhantes. Desde o início das atividades, em 1994, o Programa já atendeu mais de 120 mil pacientes.